A tecnologia dos medicamentos


wpid 20101210 medicamentos A tecnologia dos medicamentos

Recordam as farmácias ou drogarias da nossa infância? Tudo branquinho, vasinhos com os medicamentos, rebuçados da tosse. As nossas recordações são povoadas destes detalhes que nos acarinham, fazem parte da nossa infância e até olhando para trás, estar doente já não parece tão mal pois não? Quando eramos crianças era tudo mais fácil, mamãe tratava de tudo, eramos acarinhados, tratados.

Hoje em dia, somos nós as mães e pais do Futuro, somos nós a tratar e a acarinhar nossos filhos e construir estas lembranças neles. Hoje estas instituições estão mais modernas, novas arquiteturas, novas decorações, novos métodos de catalogar, dispor e entregar os medicamentos, a Ciência avançou, existem outros medicamentos mais eficientes e claro novas formas de entrega de medicamentos.

A entrega de cada drogaria pode tornar-se estatal ou mesmo a nível de todo o país. Estão a apostar em mandar por correio ou entregar ao domicílio os medicamentos ou outros objectos necesários. Esta medida veio aumentar o conforto e a comodidade dos seus clientes, não tendo assim que sair de casa para comprar os medicamentos que precisa. As drogarias estão a modernizar-se e acompanhar o progresso tecnológico com a construção de sites com carrinhos de compras que lhe trazem os seus medicamentos em poucas horas, como a drogasmil ou a farmácia droga raia ou mesmo sites de comparação de preço nos medicamentos dando possibilidade às pessoas de comprar os medicamentos que necessitam por todo o país, com os preços de todos os cantos do país.

Cada vez mais temos a possibilidade de fazermos as tarefas que necessitamos com meia dúzia de cliques, sem sair de casa e sem problemas, esperar em filas ou deixar o nosso conforto. O Futuro está nesta possibilidade, as lojas físicas têm a tendência de desaparecerem ou terem ligadas a si uma loja virtual, facilitando em muito a vida de todos as que o utilizam.

Sei que quem está na idade adulta, não cresceu com este nível de tecnologia e o tradicional é o mais fácil e mais apetecível de fazer, mas garanto-lhe que é uma questão de hábito, mal se deixe levar pelas compras em plataformas virtuais não irá querer mais nada, não viverá sem isso. Para não falar que as nossas crianças estão a crescer no meio de um mundo tecnológico e cada vez mais prático e mais perto de cada um, estando assim o mundo à distância de um clique, introduzindo toda a gente no mundo virtual.

If you enjoyed this post, make sure you subscribe to my RSS feed!

Leave a Reply